.......

quarta-feira, 21 de abril de 2010

TESTE DE LACHMANN "Teste da gaveta"


O LCA pode sofrer dois tipos de traumas, a RUPTURA PARCIAL (quando apenas algumas fibras do ligamento são lesadas) e a RUPTURA TOTAL (quando ocorre a lesão de todas a fibras que compões o ligamento). Neste post vamos tratar mais especificamente da ruptura total.

Um dos métodos mais eficazes de se diagnosticarem a ruptura do LCA se chama TESTE DE LACHMANN (também conhecido como teste da gaveta), que consiste em puxar a tíbia anteriormente em relação o fêmur. Se a tíbia deslizar excessivamente em relação ao fêmur, podemos concluir que o LCA do paciente está rompido (é importante também fazer o teste no joelho não acometido para ter uma melhor noção da diferença na hora do deslizamento da tíbia).

Vídeo do TESTE:



Além deste teste, outros exames são importantes para corroborar o diagnóstico, tal como uma ressonância magnética do joelho acometido. Na ressonância, além de diagnosticar a lesão, pode-se saber a extensão da mesma, o que é muito importante na hora de tratá-la.

Quanto ao tratamento desta lesão, quando há a ruptura total o mais indicado é a intervenção cirúrgica para reconstrução do ligamento lesado. Se o sujeito optar por não operar, a instabilidade gerada pela ruptura do LCA provavelmente ocasionará problemas maiores, tal como uma artrose precoce entre outras.

O tempo médio de recuperação de um operado do LCA varia de 6 meses à 8 meses.
Nesse período são vários os tipos de intervenções que devem ser feitos pelo profissional da fisioterapia. Logicamente não irei abordar aqui o protocolo de tratamento para um paciente com ruptura de LCA. Mas resumidamente, o tratamento consiste primeiro em combater o inchaço pós-operatório e mobilizar a articulação através de gelo e mobilizações manuais respectivamente. Com o progesso do tratamento os objetivos vão mudando, tais como ganho de força através de exercícios resistidos, ganho de condicionamento aeróbico e aumento da propriocepção entre outras.

Vídeo que mostra uma parte da intervenção cirúrgica:




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigado por comentar... Sua opinião é muito importante pra nós! Volte sempre e não esqueça de dar um Ctrl + D para salvar o site nos seus favoritos ;)

BlogBlogs.Com.Br